Iniciativa de lançamento da Juventude CDU para as Eleições Autárquicas 2013 - A juventude não aguenta mais estas políticas de direita!!!

Junta-te a nós, na próxima quarta - feira, dia 5 de Maio, na Praça D. João da Câmara (em frente à estação do Rossio) - 18:00 horas


Destruição da escola pública, fim do passe escolar, constantes aumentos dos custos para estudar, baixos salários, precariedade, desemprego, emigração forçada, “encerramento” da cultura, destruição do associativismo juvenil… são realidades transversais à juventude portuguesa que arrasam as suas aspirações, o seu presente e futuro e que assombram o desenvolvimento do país.
Não há progresso nem desenvolvimento económico sem a garantia de direitos: sem educação pública para todos, sem trabalho com direitos, sem aumento dos salários, sem cultura e associativismo.
O que este Governo e estas políticas estão a fazer é optar por empurrar a maioria da população para a fome, a miséria e o obscurantismo e servir os interesses de quem já tem muito!

Dá-se milhões aos bancos, tira-se milhões à educação!
Dá-se milhões aos bancos, privatiza-se a saúde, a água e qualquer dia o ar!
Dá-se milhões aos bancos, retira-se apoios à cultura!
Dá-se milhões aos bancos, destrói-se a produção nacional, aumenta o desemprego e ainda cortam nos subsídios!
Dá-se milhões aos bancos, estes fazem ainda mais milhões e todos nós pagamos os juros do dinheiro que lhes foi entregue!

FORA COM ESTE GOVERNO, COM ESTAS POLÍTICAS E COM AS TROIKAS!

Nas escolas, nas empresas e nas ruas o povo português, em particular a juventude, tem lutado contra estas políticas e este Governo. Não há dia que passe em que este governo não roube a cada um de nós e enquanto houver um jovem que deixe de ir à escola por não ter dinheiro, um jovem que tenha que emigrar por não ter trabalho no nosso país, uma criança que passe fome porque os seus pais não têm o que lhe dar, todos os dias têm que ser dias de luta! Só a luta dos trabalhadores e da juventude pode alterar o rumo que o país leva.

No final do ano de 2013 vão-se realizar as eleições autárquicas. Vamos votar para o Poder Local Democrático (que se organiza em câmaras e assembleias municipais e freguesias), uma conquista do 25 de Abril que abriu portas para o desenvolvimento dos concelhos e freguesias e contribuiu para o bem-estar das populações. Este governo PSD/CDS-PP também atacou o Poder Local Democrático extinguindo centenas de freguesias por razões meramente económicas, contribuindo para a diminuição da participação e democracia e acabando com serviços essenciais às populações.

Nas próximas eleições autárquicas, o voto é arma do povo. Com o voto na CDU chumbamos a troika nacional (PS, PSD e CDS-PP) e a troika estrangeira (FMI, BCE e EU), lutamos por uma política autárquica ao serviço das populações e da juventude. A CDU, nos concelhos onde é maioria, tem provas dadas: deu-se um desenvolvimento ímpar de infra-estruturas colectivas nas áreas da cultura, do desporto e da habitação social, assim como outros projectos de animação e de desenvolvimento, numa aposta de apoio e estímulo ao movimento associativo, nomeadamente o associativismo juvenil e estudantil.

Medidas para a juventude:

· Criação de espaços de discussão e participação juvenis, como por exemplo fóruns ou festivais municipais da juventude, com a intervenção dos jovens, nomeadamente através das Associações Juvenis e de estudantes, formais e não formais, que permitam o envolvimento dos jovens na definição das políticas locais para a juventude;
· Criação de equipamentos municipais para a juventude, como as casas municipais da juventude, bibliotecas, etc;
· Apoiar as iniciativas culturais dos jovens (bandas, grupos de teatro, artistas, etc.) e de lazer através de espaços de criação, divulgação cultural e de promoção dos novos valores;
· Criação de infra-estruturas e recintos para a prática desportiva, de acesso gratuito e universal;
· Promoção de políticas de incentivo para a fixação de empresas nos municípios, para a criação de emprego para os jovens;
· Promover programas de habitação a custos controlados e de reabilitação urbana;
· A instalação de gabinetes de apoio e atendimento juvenis orientados para a informação e encaminhamento em domínios como a cultura, saúde pública, saídas profissionais, etc.;
· A elaboração de projectos que contribuam, pelo seu conteúdo, para a formação da consciência social e política das novas gerações e para a promoção e afirmação dos valores da democracia, solidariedade, paz e multiculturalidade;
· Promoção de políticas específicas para os jovens trabalhadores das autarquias que valorizem as suas condições de trabalho e estabilidade profissional.

TOMA NAS TUAS MÃOS OS DESTINOS DA TUA VIDA, junta-te à luta pelos direitos dos jovens, junta-te à Juventude CDU!

Sem comentários: