Ecolojovem - «Os Verdes» solidária com estudantes do ensino superior





A Ecolojovem - «Os Verdes» participou hoje na marcha de protesto de estudantes do Ensino Superior, entre o  Marquês de Pombal e a Assembleia da República, contra os cortes no sector previstos no Orçamento do Estado.

A Ecolojovem considera que com as medidas que o Governo tem promovido é impossível termos um ensino público, gratuito, universal e de qualidade como estabelece a Constituição da República Portuguesa.

Os custos de frequência do Ensino Superior são cada vez mais incomportáveis para os estudantes e para as suas famílias.
As propinas continuam a aumentar, o que, associado ao agravamento do custo de vida e às dificuldades cada vez maiores, tem levado a um enorme aumento do abandono escolar.

A Acção Social é insuficiente e os cortes nas bolsas de estudo, a par de um regulamento de Atribuição de Bolsas injusto, põem em cauda o direito ao ensino, pois só estuda quem tem possibilidade de pagar os custos elevados do ensino.

Por outro lado, aumenta o número de alunos com empréstimos bancários para estudar, iniciando a
vida profissional com um grande encargo financeiro perante a banca, o que favorece apenas os seus interesses comerciais, à custa do endividamento das famílias mais desfavorecidas.

Outra contestação dos estudantes, partilhada pelos jovens ecologistas, foi o corte do passe escolar. O desconto generalizado nestes passes garantia a mobilidade dos estudantes e era, para muitos, um apoio indispensável e a única forma que lhes permitia frequentar o ensino.

A Ecolojovem - «Os Verdes» manifesta o seu total apoio e solidariedade para com os estudantes que reivindicam reais políticas de investimento no Ensino Superior, e um sistema mais justo e democrático.

Ecolojovem - «Os Verdes»
22 de Novembro de 2012

Sem comentários: